Serviços de Eletrônica e Vídeo Produtora com TÉCNICA E INTELIGÊNCIA!

Prestadora de Serviços Técnicos Eletrônicos.Especializada em serviços EXCLUSIVOS para empresas do setor de eletrônicos e Vídeo Produções.Serviços Especializados para Pessoas Físicas e Jurídicas.CONHEÇA NOSSA EMPRESA!

Uma das Únicas do Brasil.Especializada em Técnologia e Eletrônica!

Vídeo Produtora ESPECIALIZADA para empresas do Setor de Eletrônicos.Vídeo Manuais,Vídeo Treinamentos,Vídeo Aulas de Eletrônica para faculdades,cursos,escolas e MUITO MAIS. Conheça nosso Diferêncial!

Especializada em INFORMÁTICA/LINUX e Segurança ELETRÔNICA

Equipe Técnica especializada em informática atuando desde 1986 no setor!Treinamentos,reparos/manutenções,consultoria e muito mais. CONFIRA!

Prestador IDEAL para empresas do Setor Eletrônico,instaladoras,fabricantes,revendas,Importadores!

Equipe técnica com mais de 10 anos de Experiência em várias linhas de Produtos Eletrônicos.Especializados em Treinamento Técnico,Suporte Técnico,manutenção e muito mais! Veja nosso Diferencial!

Vídeo Produtora Especializada em Web-Vídeo. Mais acessível para Pessoas Físicas!

Somos uma vídeo produtora também focada no público doméstico!Com serviços especializados e de preços mais acessíveis com usarmos técnologia LINUX em nossos equipamentos! CONFIRA!

ESI JMJG Ⓡ SERVIÇOS TÉCNICOS E VÍDEO PRODUÇÕES ESPECIALIZADA.

Empresa Prestadora de Serviços Técnicos Eletrônicos.Especializada em Treinamentos, Suporte Técnico, Reparo/Manutenções de Informática/Eletrônicos.Especialista em INFORMÁTICA/LINUX e SEGURANÇA ELETRÔNICA. Vídeo Produtora Especializada para empresas do setor de Eletrônicos. Atendemos pessoas Físicas e Jurídicas com serviços EXCLUSIVOS e DIFERENCIADOS.Seja qual for tua necessidade nosso Serviço é feito com TÉCNICA E INTELIGÊNCIA!

Previsão do tempo no Brasil pode literalmente congelar, seu supercomputador precisa ser trocado

Tupã o Supercomputador Brasileiro que agora está ficando obsoleto precisa ser substituído mas o governo não quer liberar verbas. O que pode acontecer ao país se a previsão do tempo falhar de vez?

Supercomputadores são usados em todos os países do mundo para atividades computacionais complexas e de alto processamento. Dentre elas incluem-se as áreas militares, científica, química  e de meteorologia.

Os supercomputadores possuem um hardware muito mais avançado se comparado aos computadores comuns (desktop ou servidores), possuem muitos processadores e uma quantidade enorme de memória. além de um tamanho muito maior necessitando também de um sistema de refrigeração especial, e um consumo maior de energia elétrica.

Os supercomputadores não são usados por pessoas comuns, e sim por empresas ou institutos de pesquisas (tais como a NASA), pois custam muito caro.

Para a previsão do tempo são usados centenas de cálculos matemáticos, e também processados gigantescas quantidades de informações por segundo, muitas delas enviadas por sensores e bases meteorológicas espalhadas por grandes quantidades.


No Brasil desde 2010 está em operação o Tupã, o supercomputador responsável por realizar a previsão do tempo em todo território nacional. Na época custou cerca de R$ 50 milhões, e era um dos 30 supercomputadores mais rápidos do mundo! Atualmente não aparece nem na lista dos TOP 500!

Atualmente devido a falta de investimentos e atualizações, ele está praticamente "sucateado" e enfrenta dificuldades em realizar a previsão meteorológica com precisão.

Sim, os supercomputadores também sofrem a famosa "end of life" o que se conhece popularmente como fim de linha. Se os computadores normais que usamos em casa já ficam ultrapassados em questões poucos meses, um supercomputador pode ficar defasado em questão de 2 anos ou menos!

Nosso Tupã está em uso fazem 8 anos!
Já enfrentou severas manutenções e o alerta de perigo já foi sinalizado pelo CPTEC.
CPTEC onde o Tupã está instalado. Toda previsão do tempo brasileira parte daqui!

O CPTEC é o centro principal da meteorologia brasileira, fica na cidade de Cachoeira Paulista, onde o Tupã está instalado, e processa 24hrs por dia,  centenas de dados enviados constantemente pelos sensores e bases meteorológicas espalhadas em todo território nacional.

Sem um supercomputador, seria impossível que estes dados fossem processados (segundo algoritmos próprios para a previsão do tempo) e não teríamos famosa previsão com até 7 dias futuros. Com o Tupã defasado, toda a previsão meteorológica brasileira pode sofrer uma pane em questão de dias!

O custo de um novo supercomputador seria maior que R$ 120 milhões, por isso o CPTEC/INPE tentou efetuar um "upgrade" nos processadores ou memória, porém a verba ainda não foi liberada pelo governo!

Para se comprar um novo supercomputador e ser implantado e estar pronto para uso, o tempo é de 2 anos! Isso significa que enquanto o Tupã estava em funcionamento em 2014, o Brasil já teria que ter providenciado a licitação, compra, e instalado outro novo supercomputador para entrar em operação no mínimo em 2016!

Mas qual o motivo de tanta preocupação? A previsão do tempo para muitos é visto apenas como algo casual, para saber se saem de casa com guarda-chuvas ou se pode dar ou não praia no fim de semana, mas a importância da previsão do tempo é muito além disso!

Importância da previsão do tempo para qualquer país do mundo

Comprovadamente a importância da previsão do tempo para um país, impacta diretamente nas atividades agrícolas, econômicas e meio ambiente.

Na geração de energia hidroelétrica (que é maior que 65% no Brasil) o clima tem completo impacto. Precisamos saber a previsão das chuvas para estimar a capacidade de geração e ativação das reservas termoelétricas!

Na agricultura, se precisa saber constantemente o clima para adotar técnicas corretas de plantio, contra-medidas e até planejar semeadura de uma espécie e até mesmo a colheita!

Na aeronáutica, os voos são mais seguros graças a previsão do tempo, que afastam os aviões de tempestades ou regiões de turbulências.

E até mesmo para salvar vidas, prevendo desastres ambientais causadas por chuvas/ tempestades. Desde 2017 a defesa civil dos estado de SP está enviando alertas por SMS para celulares cadastrados, sobre áreas alagadas, áreas de risco fazendo com que as pessoas evitem regiões perigosas de alagamentos ou desabamentos! Em breve este serviço chegará a outras regiões, isso é claro se o Tupã ainda continuar aguentando.

Este alerta sobre o Tupã já foi publicado em vários sites especializados, virou matéria de jornal, mas o assunto ainda continua sendo tratado com descaso pelo governo.

Com tanto dinheiro desviado em corrupções é uma vergonha nacional a situação do Tupã, e se ele vier a falhar em alguns dias, o impacto disso será fatal para todo o Brasil! 

Em breve teremos mais problemas em nossas vidas, muito maior que o inconveniente de ser pego de surpresa por uma virada no tempo, será um prejuízo maior que uma ciclone tropical!

Tomara que as autoridades não esperem o tempo fechar para tomar uma providência!

Obs: Supercomputadores em 99% rodam sistemas LINUX como sistema operacional, devido a sua total adaptabilidade, custo , estabilidade e confiabilidade!

Tudo sobre áudio e som no sistema operacional Linux alsamixer surround curso aula manual

Tudo o que você sempre desejou saber sobre Som Áudio em Sistemas Operacionais Linux. Alsamixer Surround e Som via HDMI na placa de vídeo e testes. Vídeo Aula Curso tutorial para iniciantes ou veteranos. Guia definitivo!

Muitos usuários que migram de outros sistemas para o GNU/Linux sempre tem dúvidas quanto ao tratamento do hardware pelo novo sistema. No caso do Gnu/Linux a detecção do hardware é praticamente 99% automática, e o usuário não terá necessidade de instalar Drivers para habilitar seu hardware no sistema.

Somente em raros casos é que se fará a instalação de drivers proprietários no Kernell bem como a reconfiguração manual dos dispositivos.

É o caso do Som, item tão importante quanto ao recurso do vídeo, que exploraremos neste vídeo abaixo em seu total funcionamento e configuração! Curso tutorial aula especial para usuários iniciantes ou até mesmo os veteranos mas que não conhecem ainda o ambiente gráfico KDE 4/5.


Pontos Importantes destacados no vídeo:

Quase 99% das placas de Som Onboard/Offboard são reconhecidas automaticamente pelo Linux e seus drivers já configurados no boot permitindo seu correto funcionamento desde o primeiro. Isso vale para placas de som mais novas ou muito mais antigas, o que do Linux o sistema ideal para ressuscitar aquele computador antigo, no qual o usuário não tenha mais drivers disponíveis para sistemas operacionais Windows.

Alsamixer/QasMixer

O mixer é o sistema de faz a mistura de todos os canais e permite a saída unificada de todos, exatamente como se faz numa mesa de som profissional dos estúdios!

No Linux temos o Alsamixer que realiza isso via comando terminal, ou o QasMixer que efetua o mesmo processo graficamente, todos eles atuando no sistema ALSA de som!


O Alsamixer é mais para ser usado via linha de comando, bastando digitar no terminal exatamente o nome (alsamixer), sem os parenteses, para abri-lo. Ele funciona mesmo sem o ambiente gráfico, portanto já no Linux 100% terminal ele abrirá. Tem a cara do antigo controle de som usados nas placas SoundBlaster dos clássicos sistemas D.O.S de 1980!


O QasMixer é um aplicativo que pode ser instalado facilmente via gerenciador de aplicativos, é que aciona a função do mixer gráfico permitindo controlar o volume dos canais, bem como ativar as funções Surround (5.1/6.1/7.1) e muito mais. O QasMixer também cria um ícone (Tray Icon) que fica localizado perto do relógio na barra de ferramentas do KDE, assim os usuários podem abrir o mixer como já fazem em outros sistemas operacionais.

Testando o Som 5.1/6.1/7.1 Surround.

Para chips de som OnBoard 99% deles já possuem a função 5.1/6.1/7.1. O Linux já configurará automaticamente o driver, porém a função Surround (5.1/6.1/7.1) deve ser habilitado no AlsaMixer/QasMixer 

No Alxamixer haverá a opção de canais que deverá ser habilitado conforme abaixo. Se estiver 2ch o sistema estará operando apenas em STEREO mesmo que tenha conectado caixas Surround!


No Qasmixer a opção de canais de áudio poderá ser selecionada facilmente de modo gráfico conforme abaixo. Se estiver 2ch o sistema estará operando apenas em STEREO, mesmo com caixas Surround conectadas nas saídas.



Feito isso, o usuário poderá abria as configurações do sistema (painel de controle) dentro do ambiente gráfico (KDE 4/5) e realizar o teste de som para provar se a configuração e a conexão das caixas está correta.


Nesta opção cada botão irá gerar um tom de teste na saída dos canais individuais. Para sistemas 5.1 por exemplo haverá a imagem parecida com a que mostramos acima. Se apenas existir 2 botões (esquerda/direta) o sistema estará operando em modo STEREO 2 canais, volte no alsa e habilite 4ch/6ch/8ch. Caso nos controles do ALSA não tenha mais opções além de 2ch, sua placa de som não tem função Surround (placas mais antigas)!

Pronto nosso som 5.1 estará funcionando perfeitamente.

Som HDMI via placa de Vídeo ( caso a placa de vídeo Suporte)

Também é possível utilizar o som da saída HDMI de sua placa de vídeo, caso ela tenha essa função (não são todas). Mas para isso, o usuário deverá instalar o driver proprietário AMD/NVIDIA de sua placa no sistema Linux!

Somente assim o driver de áudio digital HDMI será automaticamente habilitado. Caso sua placa não tenha essa função o próprio driver não trará essa função configurada!

Novamente nas  configurações do sistema (painel de controle do sistema) poderá ser possível testar os canais do som, normalmente o som HDMI é 2ch (STEREO).


Cada botão irá gerar um tom de teste nos canais esquerdo ou direito. Se não estiver ouvindo nada, é importante lembrar que somente TV/MONITOR terá alto-falantes embutidos! Caso esteja usando apenas um monitor, certamente ele não terá alto-falantes internos e ajuste de volume, por isso não terá nenhum som!

Caso esteja usando um TV/Monitor verifique os níveis de controle de volume, se está baixo ou mutado!  Por último alguns drivers como é o caso da NVIDIA habilitam duas portas HDMI de saída, veja no "PERFIL" qual saída de HDMI está sendo usada. No exemplo acima estamos usando a "Saída de Digital Stereo (HDMI2)" se usar a (HDMI1) não terá som! Altere essa opção para a outra seleção e teste agora deverá funcionar!

Com isso explanamos quase tudo que se precisa saber de som em sistemas operacionais Linux para usuários iniciantes neste sistema ou até mesmo para usuários de outros sistemas gráficos que não sejam o KDE4/5.

Mude para Gnu/Linux o único sistema que permite que seu computador funcione sempre potente, livre de vírus e 100% legalizado!

Até a próxima meus amigos do Pinguim!


JMJG 
Instrutor/usuário LINUX

Resolvido problema na atualização do Google Chrome para Linux versão NSS requisitada

Problema quando atualiza o Google Chrome em algumas versões GNU/Linux. Versão do NSS obsoleta e requisitada maior que 3.26. Como resolver em poucos comandos!

O Google Chrome é um excelente navegador para sistemas operacionais Linux juntamente com o Firefox ou Opera são uma das melhores opções. Porém as atualizações dos navegadores muitas vezes trazem mudanças de dependências.

No caso do Chrome da versão 62.X.X em alguns sistemas Linux rodando KDE 4.X o browser não mais abre depois de atualizado!  Tentando abrir via terminal é exibida uma mensagem de erro conforme abaixo:

nss_util.cc(632)] NSS_VersionCheck("3.26") failed. NSS >= 3.26 is required. Please upgrade to the latest NSS, and if you still get this error, contact your distribution maintainer. Aborted (core dumped)

Em resumo o Chrome 62.X.X já pede uma versão do NSS maior que 3.26!

O erro foi reportado no Ubuntu 16.04 e Mint 17.X. Para versões superiores do Mint 18 não foram reportados erros e o Chrome abre normalmente depois de atualizado!

Para corrigir o problema abra um terminal e digite


sudo apt-get install libnss3
sudo apt-get update

Agora tente abrir o Chrome novamente via terminal ou graficamente. Ele deverá abrir.

Caso não consiga instalar o libnss3 tente o seguinte comando.


sudo apt-get update
sudo apt-get install --only-upgrade libnss3

Em nossos testes no Mint 17.X conseguimos resolver com estes comandos.

JMJG
Instrutor Linux

Modificando o Ventilador Automotivo mais eficiente menos barulho mais durável

Modificando adaptação para Ventilador Automotivo. Torne-o mais eficiente, mais durável e gere menos barulho! Um FAN de computador instalado no lugar do motor tradicional será a melhor opção.

No calor intenso, sem ar-condicionado para ajudar o motorista de certos modelos de veículos se vê obrigado a contar apenas com a ajuda do bom e velho ventilador para tentar se refrescar.

O ventilador não resfria o ambiente, mas promove a circulação de ar, principalmente para retirar o ar quente que fica estacionado no painel do carro entre o parabrisas.

Os modelos chineses/nacionais vendidos, geralmente usam motores comuns com contato elétrico em forma de escova, presos numa hélice de 3 ou 4 pás,um conjunto que promove um alto nível de ruído e baixa durabilidade.

Com isso, nosso modelo de testes foi reprovado no quesito durabilidade e barulho!

Mas sugerimos uma nova alteração, usando FAN de computador, Veja no vídeo o resultado!



O FAN de computador é um ventilador eficiente, projetado especialmente para durar muitas horas e fazer o mínimo de barulho possível (hélices aerodinâmicas). Recomendamos um FAN com fluxo de ar maior que > 55 CFM!

Além disso o consumo elétrico é muito menor, a vibração gerada também é baixa o que ajuda a manter o ventilador o mais discreto possível.

Veja os passos que usamos para efetuar a modificação (Somente recomendado para pessoas com conhecimento técnico em eletrônica/elétrica, usuários leigos não façam mudanças sob risco de causar danos elétricos ao veículo!)


  1. Desmontamos o ventilador original (que já tem a carcaça e o suporte de ventosa), retirando o motor queimado e a hélice que fica presa diretamente no eixo do motor.
  2. Soldamos fios extras para o cooler ficar "colado" do lado de fora, diretamente na grade traseira de proteção.
  3. Opcionalmente usamos fios com um resistor de 500Ω para alimentar um LED no 12V (para indicar quando o ventilador é ligado pela chave).
  4. Para colar o FAN na grade usamos superbonder em pouca quantidade apenas nos pontos de contato! Se usar muita cola não poderá retirar o cooler para trocar por outro no futuro! Não use cola quente ou qualquer outra que possa enfraquecer com a presença do calor! O ventilador ficará no carro com temperaturas internas que podem superar facilmente os 45°C!
  5. Procure usar um FAN com fluxo de ar acima de 55 CFM pois produz um vento mais forte. Modelos fracos podem gerar uma brisa muito fraca!
  6. Compre uma grade de proteção para o FAN vendido nas mesmas lojas de computador, obedeça ao tamanho do FAN pois a grade é vendida em modelos de 8/10/12/15cm.
Essa modificação não é comercial, o produto aqui se destina exclusivamente para uso alternativo privado, ao invés do cliente jogar o produto inteiro fora. Queríamos mostrar como reaproveitar um ventilador automotivo velho (motor queimado) adaptando um FAN de computador que servirá perfeitamente funcionando muito melhor que o motor+hélice original!

JMJG
Eng Eletrônico

Formatando graficamente um Disco Rígido ou Pen Drive usando sistema Operacional Linux

Saiba como Formatar Graficamente no sistema GNU/LINUX um Disco Rígido (HD/SSD) ou Pendrive em qualquer formato de arquivos EXT4/EXT3, NTFS , FAT32, FAT16, XFS, etc. 

Formatar= Apagar/Zerar um dispositivo, gravando nele a tabela de partição básica e preparando a estrutura de armazenamento de arquivos e pastas.

Muitos usuários iniciantes e até alguns que usam o sistema Gnu/Linux ainda não conhecem o procedimento de formatação gráfica. Ficam procurando essa função no gerenciador de arquivos (File Browser Dolphin / Krusader/ Nautilus /etc) e não encontram,será uma função escondida nas configurações?

Antigamente este processo era feito via terminal com comandos parecidos como os usados em sistemas D.O.S mas atualmente não precisamos nem abrir o terminal para fazer isso. Tudo pode ser feito 100% graficamente com mais facilidade e rapidez!

A formatação pode ser aplicada em qualquer mídia de armazenamento em disco ou cartão ( HD/ SSD/ Pendrive / Cartões de Memória em geral). O processo aqui mostrado só não se aplica a CD/DVD/BD.

Assista nosso vídeo para conhecer como formatar seu dispositivo no sistema GNU/Linux graficamente!



Para quem não sabe o Gnu/Linux consegue formatar também outras mídias usadas em outros sistemas operacionais (Windows/D.O.S). O sistema de arquivos FAT16 /FAT32/ NTFS também é suportado no Linux para leitura/escrita.

Já os sistemas de arquivos Unix (EXT4 / EXT3/ XFS/ etc) podem ser lidos e escritos em sistemas Linux normalmente, mas não será compatível com sistemas Windows/D.O.S.

Não se esqueçam que PenDrives ou Cartões de Memória devem ser formatados apenas em FAT32, se usar outros formatos incluindo NTFS pode ser que eles não sejam reconhecidos em outros equipamentos ( Televisores/ Rádios MP3 /etc).

Para quem deseja Verificar a mídia em busca de setores defeituosos (Bad Sectors) o procedimento também pode ser feito na mesma ferramenta mostrada no vídeo. Mas como alguns já conhecem esta opção não "recupera" setores defeituosos, na verdade eles são marcados como inutilizados e os dados são movidos automaticamente para uma área sobressalente (spare area).

Se a mídia HD/SSD atinge o limite da área reserva (spare area) o atributo S.M.A.R.T será acionado, indicando que o disco rígido apresenta um problema físico e deverá ser substituído brevemente. 

Não recomendamos tentar reformatar ou reutilizar discos HD/SSD nestas condições, já que estes discos não apresentam mais grau de confiabilidade, e deve ser feito um backup imediato e descartados!

Futuramente traremos outras ferramentas importantes para sistemas operacionais Gnu/Linux, portanto se gostou desta dica continue acompanhando nosso blog.

JMJG
(Instrutor Linux)

Como abrir e acessar arquivos de imagens .ISO no Linux sem gravar em CD/DVD

Como abrir e acessar arquivos de imagem .ISO diretamente pelo gerenciador de arquivos (Dolphin/ Krusader/ Nautilus / Outros) sem gravar DVD/CD no sistema operacional Linux. Montando arquivos de imagem .ISO

Os arquivos com extensão .ISO representam imagens brutas de uma mídia ótica especialmente CD/DVD e até BD o que significa que ele contém uma cópia fiel do disco com todas as estruturas pastas/subpastas/arquivos que contém no disco. Diferente de uma cópia simples, este arquivo contém mais informações detalhadas de um perfeito clone do disco original!

Desta forma os arquivos .ISO são muito divulgados na internet. Mas os arquivos .ISO não podem ser lidos assim diretamente como um arquivo .ZIP/.RAR ele deve ser lido á princípio um programa de gravação de CD/DVD/BD no caso do Linux usando o K3B/Brasero/etc.

Porém muitas vezes não queremos queimar um disco de verdade, e sim somente usar o conteúdo que está dentro do arquivo .ISO então...será que existe uma forma de abrir estes arquivos .ISO diretamente no sistema Linux sem ter que queimar um CD/DVD/BD?

Tem sim, assista ao nosso vídeo e saiba como fazer isso , e acesse o arquivo diretamente do seu file browser preferido!



O programa que mostramos no vídeo tem a capacidade de montar arquivos .ISO em nosso sistema Linux como se fosse uma mídia removível (Pendrive) ou até mesmo um CD/DVD/BD.

Ele consegue fazer isso transformando a imagem .ISO em um caminho de acesso virtual de disco físico, que é montando preferencialmente no seu diretório /home!

Desta forma o arquivo .ISO se torna uma pasta no diretório /home e pode ser acessado facilmente pelo file browser (Dolphin, Krusader, Nautilus, etc).

O importante é destacar que o aplicativo mostrado no vídeo deve ficar aberto durante todo o processo de montagem/desmontagem do arquivo .ISO! 

Deve-se clicar no botão correspondente para desmontar o arquivo .ISO e automaticamente excluir a pasta virtual do sistema! Ela não pode ser excluída normalmente como se fosse um arquivo comum.

Assim poderemos abrir o conteúdo interno acessando todos os arquivos como se eles estivessem realmente gravados em um disco CD/DVD/BD de verdade.

É uma excelente alternativa para rodar programas, jogos ou utilitários de sistema que estão distribuídos em formato .ISO sem necessidade de estragar queimando um CD/DVD. Nem sempre queremos fazer isso, principalmente se estivermos apenas testando.

Para quem sempre procurou uma alternativa no Linux para programas similares que abrem arquivos .ISO em outros sistemas ai está a solução perfeita!

Até a próxima.

JMJG
Instrutor Linux

Como saber se o Driver da Nvidia ou AMD está funcionando no Linux via terminal

Como saber se o Driver de Vídeo Proprietário AMD ou Nvidia está funcionando bem no meu Linux? Use alguns comandos via terminal e descubra

Muitas vezes temos que ter certeza de que alguma função está perfeitamente instalada e operando no sistema Linux para diagnosticar problemas e isolar a possível causa. É um exemplo deste caso baixo rendimento em jogos, desempenho ruim do vídeo e funções desabilitadas na parte gráfica, isso é sinal de que o driver proprietário da placa de vídeo pode não estar instalado.

Para quem comprou uma placa de vídeo OFFBoard da AMD ou Nvidia ou até mesmo para quem tem um chip GPU AMD ou Nvidia embutida (Notebooks) deverá instalar no sistema Linux o driver proprietário correspondente.

Atualmente muitas distros tais como Ubuntu / Mint permitem a instalação automática destes drivers nas configurações do sistema, baixando e compilando sozinho, e ao reiniciar o sistema gráfico estará tudo funcionando.

Um sinal de que o driver proprietário está instalado é o painel de controle AMD Catalyst ou Nvidia X Server Settings que estarão acessíveis no reboot do sistema.

Porém estar instalado não significa que está configurado para funcionar corretamente no Linux, em alguns casos o sistema não consegue compilar sozinho e o driver proprietário acaba não sendo usado, no lugar está o bom e velho (Nouveau).

Para saber se o driver proprietário está realmente sendo  usado no Linux o usuário poderá rodar alguns comandos via terminal.

Abra o terminal e Digite estes comandos:

1) glxinfo | grep render

Deverá aparecer algo similar a foto abaixo:


Em nosso caso o Direct Rendering está Yes (SIM) e o OpenGL informa que está usando a placa de vídeo Nvidia com o Driver e modelo correspondentes.

2) sudo lshw | grep display -A10

Repare nas linhas indicando o chip da placa de vídeo e o driver suportado

Em produto está descrito o modelo de nossa placa, fabricante NVIDIA corresponde e outras informações lidas diretamente do GPU tais como Largura de Memória (64 bits) Clock (333 Mhz) e capacidades.

O drivers NOUVEAU não seriam capazes de ler estas informações diretamente no GPU da placa.

3) lspci -v|less

Repare na linha do adaptador VGA, em nosso caso aponta para Nvidia e o chip GPU correto.
Na linha Kernel Driver in use: Nvidia define tudo que precisamos saber, que o driver em uso no sistema é o proprietário.


Tudo isso é sinal de que em nosso sistema o driver Nvidia está rodando perfeitamente, poderemos rodar nossos jogos com o máximo de aceleração 3D que o OpenGL permitirá, claramente respeitando a limitação de desempenho que cada modelo de GPU possui! Seja como for, usar o driver proprietário será melhor do que usar o driver genérico NOUVEAU.

Espero que estas dicas ajudem aos principiantes em Linux ou até mesmo os usuários mais familiarizados mas que esquecem comandos úteis com o tempo, o que é perfeitamente normal.

Até a próxima

JMJG
Instrutor Linux

Instalando um lindo lançador de aplicativos em tela cheia para Linux Kde 5 plasma 5

Instale um Novo Lançador de Aplicativos em Tela Cheia para sistemas operacionais Linux rodando com o novo ambiente gráfico Kde 5 plasma 5

Uma das centenas de vantagens do sistema operacional Linux é sua poderosa personalização completa! Com isso o usuário poderá mudar totalmente qualquer aparência ou função do sistema para uma outra que lhe agrade melhor.

Hoje ensinaremos no vídeo abaixo como instalar um belíssimo lançador de aplicativos em Tela Cheia para ambiente gráfico Kde 5 (plasma 5)! Deste modo escolher e encontrar seu aplicativo será mais fácil e mais estiloso.

Confira é simples e rápido de instalar! 



Tudo se iniciou no antigo projeto do "K Home Run" um widget adicional que poderia ser instalado no antigo ambiente gráfico KDE 4, permitindo que um novo lançador de aplicativos em tela cheia fosse executado.

Isso quebra o tradicional menu estilo "K" que lembra os antigos sistemas operacionais tradicionais, dentre eles o Windows até a versão 7.

Depois o "Rosa Launcher" continuou a ser portado para o KDE 4 em muitas distros do Linux incluindo o Mint 17.X.

Com o lançamento do novo ambiente KDE 5 (plasma 5) muitos aplicativos antigos não podem mais ser executados, pois necessitam ser reescritos para o novo ambiente gráfico.

Felizmente o lançador de aplicativos em tela cheia no KDE 5 não é um Widget ou pacote adicional e sim parte integrante do sistema, que basta o usuário ativar por preferência.

O lançador de aplicativos em tela cheia pode ainda estar instalado ao lado do lançador tradicional, bastando o usuário optar pelo botão que acessa o lançador preferido.

Para os que buscam mais de um sistema personalizado e exclusivo, sem dúvida começar personalizando seu lançador de aplicativos já será um importante começo.

Continuem acompanhando nosso blog, em breve mais novidades e dicas para usuários Linux, especialmente para os usuários iniciantes.

JMJG
Eng Eletrônico / Instrutor de Linux Desktop

Compre Peças Revisadas e Raras de Informática para venda Zona Leste (Sem Garantia)

Venda de Peças de Informática Raras e Funcionando. Perfeitas para técnicos de hardware. Saldão de estoque antigo ESIJMJG. Venda direta em nossa sede Zona Leste. (Sem Garantia, produto no estado) Preço no anuncio.

Telefone para Reserva e Agendamento/Dúvidas:
2308-4673

Estamos liberando ao público técnico, acesso para compra de algumas peças usadas e antigas (componentes de computador). Tais peças foram retiradas de equipamentos funcionando. Quem chegar e levar poderá levar a última peça em perfeito estado em SP Capital! Leia as regras básicas.

  1. As referidas peças se encontram em apenas uma quantidade ou poucos exemplares. Não atendemos pedidos para CNPJ ou grande pedido pois não temos como atender! São peças únicas e quem solicitar primeiro leva!
  2. Não entregamos as peças fora de nossa sede! O cliente que se interessar deverá ligar e solicitar a compra agendada com data e horário para retirada.
  3. Somente são aceitos pagamentos em dinheiro nestes itens. 
  4. Não damos garantia nas peças pois tratam-se de peças no estado, usadas mas testadas em seu funcionamento. 
  5. Entre em contato para dúvidas de especificações técnicas, não nos responsabilizamos por compras erradas. Não efetuamos troca ou aceitamos devolução destes itens.
  6. Não vendemos estes itens ONLINE, somente presencial e para clientes de SP- Capital!
Monitor CRT 15 Polegas Importado "Plextor" R$ 150,00 (única peça) Colecionador de 286/386/486 e simulares

Antigo monitor Plextor CRT de 15 polegadas, ideal para compor um computador antigo ou ser usado como monitor de reserva/testes.


Drive de DVD-ROM RW para Notebook HP. Modelo GT30L com Frente R$ 50,00 (única peça)

Drive de CR-ROM para notebook HP modelo GT30L acompanha frente para acabamento prateada. Quase sem uso, estado de novo!

Processador Celeron 450 Desktop 2,20 GHZ/5120Kb cache/800 Mhz FSB LGA 775 (R$ 50,00 cada 2 unidades restantes)


Pente de Memória DDR2 (555 Mhz 512 MB) para computador desktop. R$ 40,00 ( única peça)
Imagem Ilustrativa da Memória

Estoque Atualizado Constantemente. Reservamos o direito de retirar a qualquer momento algum item do anuncio  caso seja vendido. 

☏Dúvidas: 2308-4673

AlsaMixer para Linux como salvar as configurações níveis de volume ajuste Dica

AlsaMixer no Linux Como Salvar e Gravar as configurações e ajustes de nível de Volume em segundos. Comando via terminal rápido e simples. 


AlsaMixer é o controle gráfico do Som feito via terminal para sistemas operacionais Linux. Ele é Mixer, e tem aparência visual de uma "mesa de som". O Mixer é responsável por "unir" os canais obedecendo o volume de som individual, e enviar o som resultante para a saída da placa. Também pode controlar os canais (habilitando/ desabilitando) e escolher a arquitetura de som final entre 2/4/5.1 canais!

Porém após ajustar os controles de canais e entradas, os níveis de volume, pode ser que ao reiniciar o sistema/sessão TUDO volte ao padrão de fábrica, fazendo com que o usuário tenha que ajustar tudo novamente!

Isso é devido ao comando de parâmetros padrão do Driver, mas é simples corrigir isso e gravar os seus próprios ajustes, deste modo mesmo reiniciando o sistema/sessão seus ajustes preferidos de som estarão lá intactos!

Veja como fazer isso no vídeo abaixo:




 Opcionalmente pode-se instalar o QasMixer para efetuar a mesma função no ambiente gráfico padrão (Kde, Gnome, Mate, XFCE, LXDE, etc).


Mesmo ajustando os parâmetros de som e volume no QasMixer, como ele é apenas uma interface gráfica do AlsaMixer, poderá ainda continuar ocorrendo a desconfiguração ao se reiniciar o sistema/sessão.

Para tanto a solução do comando apresentado no vídeo acima, resolverá de vez a questão.

Vale lembrar que se o usuário desejar gravar novamente outras configurações, deverá rodar o comando outra vez, gravando assim novas configurações e parâmetros do som!

Não há limites na quantidade de gravações, portanto o usuário deverá rodar o comando tantas vezes quanto desejar gravar/salvar/armazenar suas configurações/ajustes de som no AlsaMixer!

Desta forma o AlsaMixer garantirá sempre o melhor ajuste de som para seu sistema Linux seja qual for a condição.

Em breve mais dicas do mundo Linux para usuários.

JMJG
Instrutor Linux

Curso ShowFoto Editor de Fotos completo e prático para Linux Conheça tudo aqui

Conheça o ShowFoto, curso rápido. O Editor de fotos para sistemas GNU/Linux mais poderoso, simples e fácil de usar. Edite fotos rapidamente, aplique vários filtros e efeitos especiais, escreva textos e utilize funções avançadas deste incrível editor de imagens. (Projeto DigiKam)


ShowFoto é um projeto derivado do Digikam outro editor de imagens que trabalha em lote (grande quantidade de fotos). O ShowFoto já tem como objetivo ser mais fácil e prático dedicado apenas a edição de fotos e não seu gerenciamento (Digikam) e nem trabalha com funções em lote (grande quantidade de operações em fotos ao mesmo tempo). Mas para quem precisa de edição manual de cada uma das fotos é um programa fantástico. 

Confira no vídeo abaixo todo seu poder e funcionalidades!


O ShowFoto é instalado quase que automaticamente com o Digikam, mas pode ser instalado separado se o usuário quiser. Mais prático do que o Gimp (Photoshop Linux), o Showfoto possui um completo menu de ferramentas e funcionalidades.

Com ele é possível realizar todas as edições básicas (corte, giro, redimensionamento...), correções automáticas (cor, brilho, contraste...), filtros (desfoque, artístico, lente, efeitos especiais...) e muito mais.

Para quem não deseja edições em lote e precisa editar manualmente cada uma das fotos, o ShowFoto é um aplicativo perfeito e poderoso!

Diferente do Gimp que possui um menu de ferramentas lateral ( estilo Photoshop) o ShowFoto é limpo e mais focado nas funcionalidades do menu superior.

Um aplicativo perfeito, útil e prático para ser usado em edições de fotos, que todos os usuários devem conhecer e usar, principalmente os iniciantes.

Vejam o resultado da foto editada em nosso vídeo:


Espero que tenham gostado e nos vemos em nossos próximos artigos sobre o maravilhoso mundo do GNU/Linux.

JMJG
Eng Eletrônico/Instrutor de Linux

Leia Também

2008-2018 Ⓡ ESI JMJG Som&Imagem Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.